Viagem adiada

Aquele chapéu panamá estava bem empoeirado. Era uma lembrança do tempo em que andava pelas ruas centrais de São Paulo, na Praça da República, pela avenida São João. Se mostrasse esta peça para meus netos, tenho certeza que se espantariam e ficariam curiosos em saber um pouco mais sobre a vida do vovô. Junto com o chapéu, estavam também algumas fotos antigas das reuniões em família – mal era possível saber quem eram as pessoas naquelas imagens amareladas e desgastadas. Talvez a tia Teresa, a prima Francisca, o tio José…todos já tinha… Ler mais

Cidinha e a cartomante

Era 11 de Agosto, dia do advogado e da Pendura, em que tradicionalmente os acadêmicos de direito vão a restaurantes, bebem, comem e não pagam, deixando a conta pendurada. Tudo isso, claro, em clima de festa e, muitas vezes, de confusão. Outra tradição do dia 11 é a Peruada, que acontece na faculdade de direito no Largo São Francisco. Trata-se de uma festa onde as alunas e os alunos, em parte vestidos de mulher, bebem e pulam alegremente, numa espécie de micareta pelo centro de São Paulo. Era sexta-feira. Era Peruada. O sol… Ler mais