Quase

Quase. Palavrinha safada, essa. Às vezes nos salva, por vezes nos derruba. Quase foi um encontro. Ficou esperando. Espera até hoje. Quase foi um gol. A bola bateu na trave. O time foi vice. Quase foi um desenho. Continuou rabisco. Foi parar no lixo. Quase foi pra final. Vacilou. Caiu fora. Quase foi pega com o outro. Não soube de nada. Continuam casados. Quase caiu. Perdeu o equilíbrio. Desistiu da travessia. Quase bateu o carro. Brecou rápido e as compras do supermercado que estavam no banco caíram. Quase se quebraram os ovos…. Ler mais

Adocicando a reunião

Segundo o Houaiss, adocicar é tornar levemente doce, atenuar, abrandar. Era exatamente disso que o grupo reunido no quinto andar do edifício Margarida precisava. A anfitriã, uma senhora grisalha muito discreta em seus quase 65 anos tentava fazer sua parte. Como todos na sua idade que acreditam que sua experiência de vida serve para distrair um público tenso, ela passou a narrar histórias vividas sabe-se lá quando e com desfechos pretensamente hilários. Tudo fazia sentido, desde que a névoa do embate pairando no ar se dissipasse. Um grupo de solenes desconhecidos, depois… Ler mais